Quem goza em pouco tempo tem ejaculação precoce?

Homem com problema de ejaculação precoce

 

Durante uma relação sexual é muito difícil cronometrar ou saber exatamente o tempo que demorou para se ter um orgasmo. Mas o que não dá para deixar de perceber é se normalmente você vem gozando muito rápido, e de isso pode ser um sintoma de ejaculação precoce.

O problema atinge uma boa parte da população brasileira, sobretudo os homens. A condição pode estar associada a atividades físicas e psicológicos, sendo possível ser controlada ou revertida com acompanhamento médico.

Se você está com dúvidas sobre rápidos e excessivos orgasmos instantâneos junto de seu parceiro ou parceira, confira mais do que pode estar acontecendo com você, e se isso é normal ou já pode ser um problema.

O que é a ejaculação precoce?

Este é um distúrbio sexual associado à rapidez que uma pessoa pode atingir a ejaculação, alguns em casos de segundos durante o ato sexual. Ela não pode ser evitada ou ao menos controlada por algum tempo.

E para sua surpresa, quase 90% dos homens chegam a ejaculação ao inserirem o seu pênis na vagina, sendo um motivo para pensar em casos de ejaculação precoce.

Se você quer descobrir mais sobre o que pode trabalhar como, não deixe de conferir o livro em em PDF de maior sucesso no Brasil, que ensina todo um método para acabar com esse tipo de problema.

Causas

Os fatores que podem levar a ejaculação precoce podem ser a falta de exercícios físicos, psicológicos e também genética. Apesar de não haver nenhum estudo cientifico que comprove, a maioria dos casos é relacionado a pressões e distúrbios psicológicos.

Questões como depressão e falta de autoestima podem atingir e agravar ainda mais esse problema, comprometendo o desempenho de milhões na cama. Conversar com um psicólogo e fazer um trabalho de tratamento para a ansiedade pode ajudar a reverter o caso.

Passos para realizar o tratamento

As causas de ejaculação precoce adquirida são tratadas com alguns métodos:

  • No caso da disfunção erétil: inibidores da PDE-5 no corpo;
  • Problemas ligados a prostatite e uretrite: interferência através da antibioticoterapia apropriada;
  • Quando a causa está associada ao relacionamento: Às vezes a ejaculação precoce pode surgir quando se tem dificuldades com relacionamentos ou excesso de estresse. Quando isso acontece, o melhor é participar de alguma terapia sexual ou qualquer outro aconselhamento especializado.

Dividido em duas etapas, sendo a psicológica e tratamento feito através de medicamentos. Uma terapia sexual pode resolver o problema sem muitos mistérios, sendo importante alertar os detalhes para a sua parceira.

Reduza a sua ansiedade e peça ajuda de sua parceira para isso. Uma boa comunicação é vital para o sucesso e bom relacionamento de qualquer casal.

tratamentos em caso de medicamentos, podem ser indicados a ingestão de comprimidos, ou cremes e gel a base de lidocaína. Podem provocar uma anestesia no local, sendo que isso ajuda a reter o orgasmo e aumentar o desempenho junto de sua parceira.

Quais homens são mais propensos ao problema?

Em geral homens com problemas mentais ou com algum problema genético tendem a sofrer com ejaculação precoce mais facilmente, porém isso não é parâmetro nem regra.

A disfunção erétil também é outro fator para riscos de ejaculação precoce, além como inflamações da próstata em homens mais velhos.

Aumentar o prazer e o tempo de sexo, é importante para qualquer casal. Sendo assim, ao perder a potência na hora de sua relação, é sempre importante procurar ajuda do que esperar por resolver o problema de forma tardia.